Route 66

Route 66

AMERICAN NATIONAL 
PARKS TOUR

Este site aborda uma viagem por um trecho da Rota 66 em motocicletas Harley Davidson e pelos parques nacionais americanos Grand Canyon, Zion, Sequoia e Yosemite. VSão abordadas dicas e imagens nas cidades de Los Angeles e San Francisco.  O grupo era constituído por cinco casais amigos, integrantes do PHD Brasil e do HOG Campinas: Betão e Marli, Hélio e Cristiane, Geraldo e Solange, Jeferson e Maria Helena e Zé Maria e Imaculada.

Roteiro da Viagem

Las Vegas

Dicas e imagens da cidade e dos principais pontos turísticos e à grande loja HD de Las Vegas.

Zion e Page

Aventura de moto Harley Davidson ao parque Zion e atrações da cidade de Page nos Estados Unidos

Monument Valley

Visita ao icônico Monument Valley com as famosas imagens do famoso mirante e da estrada Scenic View .

Grand Canyon

Aventura em motocicletas  Harley Davidson pelas bordas do Grand Canyon. 

Route 66

Rodando em motocicletas Harley davidson  pelos famosos trechos intactos da icônica estrada Rota 66.

California

Visita às cidades de Los Angeles, San Francisco e pelos Parques Yosemite e Parque das Sequoais.

Integrantes da Viagem

Zé Maria e Imaculada

Campinas, SP

Betão e Marli

Limeira, SP

Hélio e Cris

Campinas

Gera e Solange

Salto, SP

Jeferson e M. Helena

Campinas, SP

James e Eliana

San Diego, USA

Las Vegas

PONTO DE PARTIDA 

Na viagem foram percorridos um total de 3.200 km, percorridos em 14 dias pelas estradas dos estados de Nevada, Utah, Arizona e Califórnia. Parte do trajeto foi feito rodando em motocicletas Harley-Davidson. Foram visitados as cidades de  Las Vegas, Page, Los Angeles e San Francisco. Foram vistados os parques nacionais americanos Zion National Park, Lake Powel, Monument Valley, Grand Canyon e Sequoia e Yosemite.  A famosa estrada Rota 66 foi percorrida de Willians/AZ até Barstow/CA.

Onde ficar?

É importante que a localização do hotel Cassino onde se vai hospedar em Las Vegas seja próximo da parte mais agitada do boulevard. Damos esta dica pelo fato de termos ficado hospedados no Cassino Circus-Circus que fica longe da área movimentada do boulevard, dificultando um pouco a nossa visita nas atrações mais centrais. Visitamos a gigantesca loja Las Vegas Harley-Davidson onde compramos camisetas, acessórios e souvenirs. 

No final da tarde do último dia na cidade fomos até a locadora de motos Eaglerider pegar as motocicletas Harley-Davidson alugadas. Àproveitamos a última noite para assistir o espectáculo “O” do Cirque du Soleil no Cassino Bellagio.

Zion

National Park

O primeiro dia com as motocicletas Harley Davidson foi mais especial para o Zé Maria que estava completando 50 anos naquele dia! Na saída de Las Vegas foi cantado o “parabéns para você” com todos sentados nas motocicletas. O nosso primeiro destino na viagem foi o Zion National Park, um dos mais belos parques americanos. A Imaculada com a Eliana e o James, um casal de amigos de San Diego, organizaram uma festa surpresa de 50 anos para o Zé Maria no Hotel em Page.

Page

Em Page, planeje visitar a Wahweap Marina, o Antelope Canyon e o Horseshoe Bend. A visita ao  Antelope Canyon é obrigatória!! O Canyon é formado por uma garganta entalhada no solo rochoso, localizada próximo à cidade de Page/AZ, nos  Estados Unidos. A visita ao Antelope Canyon é feita exclusivamente em grupos guiados por índios Navajos que exploram o canyon em uma tour de cerca de 50 minutos de duração no interior do canyon e mais cerca de 30 minutos de deslocamento de Page até o canyon.

Wahweap Marina

Visite também Wahweap Marina no Lake Powel, próximo à cidade de Page. Vá no final da tarde para vislumbrar o efeito do sol num  fabuloso contraste das  montanhas do deserto com a água azul do famoso lago. O acesso até a Wahweap Marina é pago, pois a  área é considerada um parque nacional americano. Optamos por comprar um ticket que valia para múltiplas entradas em inúmeros parques americanos por uma período de um ano.

Festa Surpresa!

Na chegada do hotel em Page, ainda sem ninguém saber da festa surpresa que nos aguardava, somente a Imaculada! Encontramos o cantor Paul Morris entrando no Hotel com a sua guitarra e nos chamando para o Pub! Não entendemos nada... mas após a Imaculada nos contar sobre a festa surpresa,  fomos todos para o Pub do Hotel onde ficamos bebendo cerveja e whisky e cantando com o Paul a excelente música do seu repertório: rock e musica country americana de alta qualidade.  Após cantarmos “Happy Birthday ” e o Zé Maria soprar as velas do bolo de aniversário, saímos umas três horas mais tarde para outro hotel, pois ao olharmos os nossos vouchers vimos que na última hora havia sido feita a mudança de hotel pela agencia de viagem. Fizemos de moto um percurso de alto risco por cerca de uma 6 quadras da cidade de Page, pois se fôssemos parados pela polícia teríamos sérios problemas por causa do álcool que havíamos ingerido na festa de aniversário do Zé Maria.

Antelope Slot Canyon

O Canyon está localizado próximo da cidade de Page, em terras dos índios Navajos que controlam, agendam e guiam a visitação ao local. O Antelope Canyon  inclui duas seções que devem ser visitadas em tours separadas:  o “Upper Antelope Canyon” e o “Lower Antelope Canyon”. O Antelope Canyon foi formado pela erosão do arenito do solo  causado pelos fortes fluxos de água que ocorrem após as chuvas na região. A água ao escorrer pelo terreno com alta velocidade  e carregando a areia do deserto  formou o canyon, esculpindo  as suas paredes em belas  passagens estreitas.  Ao longo do tempo,  os corredores ficaram mais profundos e com paredes “fluídicas” esculpidas pela água nas rochas do canyon.

Monument Valley

TRIBAL PARK

O Monument Valley é um símbolo do oeste americano e também é o coração sagrado dos índios Navajos, que administram e cuidam de todas as atividades do Parque. As formações rochosas de arenito que formam o Parque foram esculpidas ao longo dos séculos sendo consideradas atualmente como uma das maravilhas naturais do mundo.  O Monument Valley  foi  locação para inúmeros filmes de Hollywood, tais como  Stagecoach (1939) , The Searchers (1956), Easy Rider (1969), Forrest Gump, The Eiger Sanction (1975) e inúmeros outros filmes de faroeste. 

Scenic Drive

Um passeio obrigatório é tomar à estrada não pavimentada “Scenic View” que tem 17 milhas com pontos de paradas nos melhores pontos para fotografia. O passeio pela “Scenic View” pode ser feito por conta própria no seu carro (pode ser automóvel comum!). Passeios por outras partes do Parque  podem ser feitos com guias e veículos Navajos 4x4, neste caso explorando as terras indígenas sagradas da região. A “Scenic Drive” possui muitas barracas de vendas de artesanato indígena em muitos dos pontos ao longo da estrada. 

Grand Canyon

National Park

Rumamos para o Grand Canyon por uma belíssima estrada. Quem conduziu a Van neste trecho foi o Zé Maria. Paramos algumas vezes para tirar fotos em mirantes e comprar souvenirs dos índios Navajos que tinham barracas na beira da estrada. Fizemos um pequeno desvio para visitar o belo Marble Canyon, formado pelo rio Colorado rasgando o solo rosa do deserto.

Quase pane seca!

Já estávamos no meio do deserto quando percebemos que nenhum dos pilotos das motos daquele dia havia abastecido as motos antes de pegar aestrada… A quantidade de combustível nas motos era suficiente para andar poucos quilômetros, não sendo possível retornar para a cidade mais próxima.  Sabíamos que no meio daquele deserto os postos de gasolina eram raríssimos, mesmo assim arriscamos indo na direção do Marble Canyon. Ao chegarmos lá, perguntamos para uns índios que tinham suas barracas montadas próximo ao estacionamento onde poderíamos encontrar um posto de gasolina e eles informaram que logo após a ponte, do outro lado do Canyon, existia um posto! Ufa…sorte nossa aqueles índios estarem alí, pois nossos planos nâo era atravessar aquela ponte e sim retornar do Marble Canyon de volta rumo ao Grand Canyon.  Após colocarmos gasolina nas motos, comermos e bebermos no posto e rumamos para o Grand Canyon National Park.

Route 66

MOTHER ROAD

No início da manhã, saímos de William/AZ e fomos até a loja Grand Canyon Harley-Davidson para comprar souvenirs e camisetas, tirarmos fotos e fazermos filmagens. Rumamos em seguida pela Highway 40 até Seligman, uma vez que a Rota 66 não é transitável entre Willians e Seligman. A partir de Seligmamn passamos a curtir a autêntica paisagem da Rota 66, a qual deixaríamos somente em Barstow.

Kingman

Chegamos em Kingman no final da tarde, fomos até a loja da Harley-Davidson comprar camisetas e em seguida tentamos ir ao Museu da Rota 66, mas o mesmo já se encontrava fechado. Neste ponto a casal de amigos Eliana e James, ela brasileira e ele americano que vivem em San Diego, se juntaram ao grupo pilotando um conversível PT Cruiser branco.

Rumo a Barstow

No dia seguinte partimos para Barstow pela Rota 66, este não é o trajeto mais rápido mas com certeza é o mais charmoso, sendo sem dúvida uma das partes mais interessantes da famosa Rota 66. O visual é fantástico e o asfalto deve ter a idade da estrada!! Passamos por alguns grupos de moto, todas Harley-Davidson, inclusive por um grupo de brasileiros. Quem dirigia a Van neste trecho era o Hélio, enquanto a Cris fez as excelentes tomadas de câmera durante o trajeto até Barstow.

California

Los AngelEs - Sequoia Park - Yosemite - San Francisco

No dia seguinte cedo, iniciamos a segunda parte da nossa viagem onde nos deslocamos em duas Vans alugadas em Las Vegas. Saímos de Las Vegas rumo a Los Angeles fazendo uma parada em uma Loja Harley-Davidson da cidade de Lancaster, onde compramos, para variar, camisetas e souvenirs! Chegando em Los Angeles no final da tarde, entramos por Hollywood e fizemos um pequeno city tour percorrendo praticamente toda a Sunset Boulevard até o nosso hotel que ficava próximo ao Teatro Chinês e a calçada da fama.

Sequoia National Park

Entramos no parque e subimos até a parte alta onde estão as Sequoias gigantes. Como era final de inverno, encontamos muita neve no topo da estrada do parque. Visitamos algumas sequoias famosas, como a “General Sherman”, o maior ser vivo da face da terra. Rumamos em seguida para a pequena cidade de Oakhurst, na entrada do parque Yosemite onde chegamos de noite ao hotel Best Western.

San Francisco

Chegamos em San Francisco no início da noite e após nos instalarmos no hotel fomos jantar em um restaurante nas proximidades. No dia seguinte fomos visitar os famosos pontos turísticos da cidade. O Pier 39 é um centro comercial e de entretenimento na cidade de San Francisco que fica na região conhecida como Fisherman´s Wharf. É um dos lugares mais visitados da cidade sendo considerado uma parada obrigatória. Construído em 1989, o Pier 39 é hoje um dos pontos de visitação mais agitados de San Francisco, recebendo milhões de pessoas do mundo todo que buscam passar um dia tranquilo para fazer compras, se alimentar e se divertir. No Pier 39 você encontra diversas lojas, restaurantes e atrações como o Aquarium of the Bay San Francisco, o Sea Lion Center e o famoso Carrossel que é uma das atrações que mais faz sucesso entre os turistas.

O passeio nos bondes pelas ladeiras é uma das formas mais autênticas de visitar San Francisco. Os chamados  Cable Cars é o meio de transporte ideal para se ter um belo panorama da cidade sem se cansar em subidas e descidas pelas ladeiras. O sistema de Cable Cars de San Francisco é o único do mundo com operação manual, está em funcionamento desde 1873 e recebe cerca de 7 milhões de passageiros por ano. Um passeio nos Cable Cars é uma viagem à São Francisco antiga vendo a atrações da cidade passando pela janela. Atentar para o fato que é permitido entrar e sair do bonde por qualquer lado e até mesmo ficar em pé dentro do bonde para ter mais mobilidade para ver a cidade.

A mundialmente famosa  Golden Gate, é uma ponte sobre o estreito que liga San Francisco à cidade de Salsalito. A colossal estrutura da Golden Gate Bridge possibilita um visual fantástico aos visitantes, impressiona tanto vista de longe como durante a sua travessia de carro.Vale a pena parar no mirante Vista Point, ao norte da ponte, onde é possível ver a baía de San Francisco, a cidade e o oceano. O melhor momento para a visita é bem cedo na parte da manhã quando o sol estiver nascendo e as luzes da cidade ainda estiverem acesas.

Numero de Turistas

42

milhões de turistas por ano em Las Vegas

6,38

milhões de turistas por ano no Grand Canyon

4

milhões de turistas por ano no Yosemite

Entre em Contato

Obrigado! Sua mensagem foi enviada corretamente!
Houve um erro no envio da mensagem! Envie novamente!